Brincadeira de criança: o que não pode faltar na sua festa

A gente sabe que toda mãe e todo pai planejam a festa perfeita para o seu filho. Escolhem o tema com cuidado, passam pelos mínimos detalhes desde o convite até o que vai ser servido. Mas a gente sabe também que o mais importante para os pequenos no dia de comemoração é fazer o que eles fazem melhor: brincar! Por isso, o que não pode faltar numa festa são amigos animados (podem ser 2, 10 ou 50, não importa) e muita disposição pra brincar.

Por isso acreditamos em brincadeiras que façam as crianças interagirem pra valer, e tem pra todos os gostos! Olhe algumas das atividades do Quintal Aventura e inspire-se para a próxima festa.

Faz de conta é sempre uma boa ideia pra entreter as crianças! Pode ter personagens (imagina um chá com as princesas) ou não: um chá com os amigos também é muito divertido! Basta separar alguns brinquedos ou até mesmo utensílios (desde que sejam seguros) e deixar a imaginação correr solta.

Não é nada inovador mas é o tipo de brincadeira que funciona de verdade: artes! Separe papel, ou tela, tinta, lápis, purpurina e o que mais a criatividade permitir e ofereça às crianças. A atividade pode ainda combinar com o tema da festa, com desenhos impressos que combinem com a decoração.

Oficina de jardinagem é uma atividade ótima quando a festa é ao ar livre ou tenha uma varanda. É algo fácil e gostoso de se fazer e ainda dá uma bela lembrancinha!

 

http://bit.ly/BumbleBeeWhats

 

Fonte: Quintal Aventura

Lista de convidados: Saiba como elaborar para sua festa!

Muitos pais gostam de comemorar o aniversário de seus filhos. Esse evento, além de ser importante para a criança, é também uma maneira que o pai e a mãe encontram para celebrar a alegria de mais um ano com seu amado filho.

Entretanto, como em qualquer outro evento, uma das grandes dificuldades de se organizar uma festa de aniversário é conseguir fechar a lista de convidados.

No texto de hoje vamos dar algumas dicas de como montar esta lista: quais convidados são essenciais e quais não são? Confira logo abaixo!

Avalie o tamanho da festa

O primeiro passo para você começar a escolher quem deve e quem não deve ser convidado para a festa do seu filho é decidir o tamanho da festa que você quer montar. Se a festa for muito grande, organizada no salão do seu prédio ou em um Buffet, você tem uma possibilidade maior de convidar mais pessoas, porém, se está optando por algo menor e mais íntimo, consequentemente a lista de convidados também será reduzida.

 

Leve em consideração o orçamento

Você pode ter optado por fazer uma festa grande, mas já parou para pensar no orçamento? O número de pessoas que você vai convidar pode influenciar, e muito, no valor da festa que você quer fazer. Por isso, avaliar o orçamento pode lhe ajudar a planejar também quantas pessoas devem ser convidadas para o evento.

Quem convidar para festas mais íntimas

Festas íntimas geralmente são menores e realizadas em ambientes como a casa da família ou algum lugar que não cabe muitas pessoas. As listas para essas festas geralmente são constituídas pela família e alguns amigos próximos.

Se a festa é para uma criança pequena você pode comemorar somente a família, porém, se ela é para seu filho que já está na escola, talvez convidar alguns amiguinhos possa ser interessante. Em festas íntimas não se preocupe em chamar seus amigos ou familiares mais distantes, já que o objetivo aqui é agradar seu filho.

Quem convidar para as festinhas de colégio

As listas de convidados das festas de colégio são muito mais fáceis de organizar. Essas festas, que são ótimas opções para celebrar o aniversário de crianças um pouco maiorzinhas, contam com a participação dos colegas de sala e os professores, não sendo necessário convidar pais de colegas ou família para o evento. Ou ainda, pode ser uma boa opção levar a garotada para comemorar o aniversário do seu filho num Buffet Infantil, muitos deles possuem pacotes especiais contemplando maior número de crianças do que adultos, são as chamadas Festas escolares.

Quem convidar para festas muito grandes

O problema das listas de aniversário também acontecem nas grandes festas, realizadas em buffets ou espaços maiores como salões de festa. Nesses eventos, é importante convidar a família e amigos onde, entre outros fatores, a escolha destes participantes vai depender da idade que seu filho está celebrando.

Crianças pequenas geralmente tem poucos amigos, facilitando para os pais organizarem a lista com familiares, amigos pessoais deles e amigos de colégio da criança. Quando os coleguinhas da escola ainda são muito pequenos (faixa etária que varia entre dois a seis anos), os pais também devem ser convidados, já que crianças pequenas exigem maiores cuidados.

Quando os colegas são maiores (a partir de sete anos), não há necessidade de convidar os pais para o evento. Se a festa for num Buffet Infantil certamente haverá uma equipe de monitores para entreter e cuidar dos baixinhos. De acordo com o avanço da idade do seu filho, é natural que a lista de convidados dele aumente.

Convidados sem filhos podem ser bem-vindos

Muitas pessoas têm dúvidas na hora de convidar adultos para uma festa de criança, especialmente se eles não têm filhos. Essa é uma escolha muito pessoal dos pais e da criança, já que a lista de convidados deve ser organizada de acordo com a proximidade com a família e o aniversariante e não necessariamente de acordo com o entretenimento que será oferecido no evento.

Se os pais têm um amigo, parente ou colega de trabalho que acreditam ser importante no relacionamento com a criança, ele pode sim ser convidado para o evento, mesmo que não tenha filhos.

Não existe regra para montar a lista de convidados perfeita para o aniversário do seu filho. A lista deve ser preparada com carinho conforme as preferências e com o tipo de festa organizada pela família.

Fonte: Montagem de Buffet

Aprenda a organizar aniversário de 1 ano!

O aniversário de 1 ano é um marco no desenvolvimento do bebê, por isso, deve ser muito bem comemorado. É comum que os pais sintam um pouco de ansiedade sobre a ocasião. Afinal, além de querer organizar a festa perfeita, há ainda uma rotina intensa de trabalhos e cuidados com o pequeno aniversariante.
São tantas as possibilidades para a festinha, que é comum se sentir em dúvidas na hora de tomar decisões. Mas, com um pouco de organização, é possível fazer uma linda festa de um ano. Do jeitinho que você deseja.
Não acredita? É fácil: leia as dicas abaixo e descubra como planejar o aniversários de 1 ano para seu filho ou filha!
Pense no conforto do seu bebê
Por mais que você deseje uma grande festa para curtir com amigos e familiares, é importante considerar a personalidade da criança. Alguns bebês são mais tímidos e estranham os locais diferentes e bem movimentados. Nesse caso, festas menores, em ambientes familiares e com pessoas conhecidas, fazem muito mais sucesso.
Entretanto, se seu filho é bem agitado e já interage melhor com as pessoas, você pode tentar a organização de um evento maior. Crianças mais sociáveis gostam de ir de colo em colo e brincar com outros bebês.
Outra dica para o aniversários de 1 ano é não perder a mão na decoração. Evite bonecos muito grandes e a presença de pessoas caracterizadas nessa fase, a menos que você tenha certeza de que a criança não tem medo dessa proposta. Caso contrário, pode ser que ela fique assustada e não queira sair do seu colo.
 
Não descuide do horário da festa
Crianças pequenas costumam ter rotinas fixas. Isso envolve o sono e a alimentação. Dessa forma, respeite as sonecas do bebê e evite marcar a festinha em horários em que a criança goste de dormir.
Uma boa opção é marcar o aniversário para o meio da tarde, por volta das 15h. Provavelmente seu filhinho já terá descansado após o almoço e se manterá bem-disposto. No entanto, em aniversários de 1 ano, a maioria dos convidados costuma ser de pessoas adultas. Reflita a respeito com calma, para que a marcação não inviabilize a realização da festa, se for muito cedo para os convidados.
Se for esse o caso, marcar o aniversário para o final da tarde pode ser uma boa solução. Comece o evento por volta das 17h, mas não se esqueça de que as crianças, em geral, não tardam a dormir. Portanto, não estenda a festa até tarde da noite.
Por fim, não demore muito para cantar os parabéns. Crianças pequenas têm pouca tolerância a barulhos e tumultos. Por isso, se você demorar demais, pode ser que ele fique enjoado e acabe chorando justamente na hora de partir o bolo.
Descubra o que servir em um aniversário de 1 ano
Em festinhas de 1 ano os convidados são, em sua grande maioria, adultos e crianças bem pequenas. Por isso, é importante que o cardápio não contenha nada que possa fazer mal às crianças. Evite doces e bolos com corantes e elementos artificiais, por exemplo. A gelatina é uma ótima escolha, assim como doces de leite e de leite Ninho.
Com relação aos salgados, a regra é semelhante. Pipoca, sanduíches, cachorro-quente e salgados assados são boas opções para os adultos e crianças maiores. Evite alimentos que possam causar acidentes, como amendoins e espetinhos. Para beber, invista em sucos ou água de coco, opções mais saudáveis do que os refrigerantes.
Ao organizar um aniversário de 1 ano você deve considerar que as crianças que comparecerão provavelmente têm uma faixa etária próxima à do seu filho. Por isso, evite garfinhos que possam quebrar, copos de vidro e alimentos difíceis de comer.
Além disso, não permita que a festa se estenda muito. Preste atenção no horário e respeite a personalidade da criança. Com cuidado e carinho, certamente seu evento será um sucesso!